terça-feira, 27 de novembro de 2012

Manto de Neve



A neve e as tempestades matam as flores, mas nada podem contra as sementes.

6 comentários:

Canto da Boca disse...

Essas sempre germinarão, apesar das intempéries...

(Gibran foi um dos primeiros autores que eu li na minha vida, e O Profeta, fica direto no meu criado-mudo)

luna luna disse...

a foto é linda, o azul a neve tem uma beleza quase irracional.

Gosto muito de Gibran tenho livros dele,as sementes quando bem plantadas ainda com intempéries sempre acabam por germinar
beijinhos

Fábio Martins disse...

A fotografia tem uma cor bonita mas acho que algo se passa com a sua máquina fotográfica!

MARILENE disse...

Gibran me foi apresentado nos tempos estudantis e ficou gravado em minha memória.
A imagem é muito bela. Mudam as estações, a natureza sofre, mas não perde o viço e a vida. Abraços!

Sônia Brandão disse...

Lindo esse Manto de neve. E verdadeiras as palavras de Kahlil Gibran.

Abs

Hanaé Pais disse...

O que se pode dizer das sementes?
Nada.
Germinam para Sempre!
Aguarde pela Primavera e os prados voltarão a florir.
Sempre!