terça-feira, 18 de junho de 2013

De costas para o Tejo



Lisboa Menina e Moça menina 
da luz que os meus olhos vêm tão pura
teus seios são as colinas, varina, 
pregão que me traz à porta ternura!
Cidade a ponto luz bordada 
toalha à beira mar estendida 
Lisboa Menina e Moça amada 
Cidade mulher da minha vida 
Lisboa no meu amor deitada 
Cidade por minhas mãos despida 
Lisboa Menina e Moça amada 
Cidade mulher da minha Vida. 

Ary dos Santos--Carlos do Carmo





3 comentários:

MARILENE disse...

Uma linda foto. Sou admiradora do escritor, que lindamente cantou a cidade. Abraço!

luna luna disse...

cidade de Lisboa tão bem cantada pelo teu olhar
beijinhos

Cristina Ferreira disse...

Amo esta cidade.