quarta-feira, 3 de julho de 2013

Eléctrico da Graça

No Terreiro eu passo por ti
mas da Graça eu vejo-te nua
quando um pombo te olha sorri
és mulher da rua 
e no Bairro mais alto do sonho 
ponho o fado que soube inventar 
aguardente de vida e medronho que me faz,cantar
 Carlos do Carmo




2 comentários:

luna luna disse...

quando era menininha ás casinhas amarelas eu chamava de tim...tim
ao tempo que não ando nos elétricos
beijinho

Canto da Boca disse...

"Um eléctrico chamado desejo"!

;))