quinta-feira, 27 de março de 2014

Coração


Apesar da cabeça confusa, do esquecimento e da culpa

Do coração partido e da dor sentida

Da memória de elefante que guarda coisas que não deveria

Das marcas do tempo

Do tempo perdido 
Da distância de dias e da saudade que não sabe se vai ou se fica 
Apesar de tudo isso 
Apesar até mesmo da incerteza de amor infinito 
Segues guardada, ocupando dentro de mim um dos lugares mais bonitos. 

1 comentário:

Marcia M. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.