sábado, 24 de janeiro de 2015

Despedida


A razão por que a despedida nos dói tanto é que nossas almas estão ligadas. Talvez sempre tenham sido e sempre serão. Talvez nós tenhamos vivido mil vidas antes desta e em cada uma delas nós nos encontramos. E talvez a cada vez tenhamos sido forçados a nos separar pelos mesmos motivos. Isso significa que este adeus é ao mesmo tempo um adeus pelos últimos dez mil anos e um prelúdio do que virá.

4 comentários:

Maria Castelhano disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Maria Castelhano disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
Maria Castelhano disse...

Sim um amor para sempre, vence o tempo, a distância e até mesmo a morte.

vendedor de ilusão disse...

Achei fenomenais as tuas postagens; são breves e singelas, porém, extremamente expressivas; gostei muito, tanto que salvei teu blog entre os meus favoritos.
Abraço.