terça-feira, 18 de agosto de 2015

Lago dos Cisnes.....


[...]Um dia um cisne morrerá, por certo:
Quando chegar esse momento incerto,
No lago, onde talvez a água se tisne,

Que o cisne vivo, cheio de saudade,
Nunca mais cante, nem sozinho nade,
Nem nade nunca ao lado de outro cisne!

1 comentário:

Fátima Fernandes disse...

Parabéns por mais este belo trabalho!!!