terça-feira, 27 de outubro de 2015

Cores de Outono....


Nossa existência é transitória como as nuvens do outono. Observar o nascimento e a morte do ser é como olhar os movimentos da dança.
Uma vida é como o brilho de um relâmpago no céu. Levada pela torrente montanha abaixo.

1 comentário:

Fátima Fernandes disse...

Renovação.... As velhas folhas caem para que novas possam nascer!!!