sábado, 23 de abril de 2016

Papoila......


A papoila tem o tom vermelho, rubro da festa em brasa.
E, no verde manso do trigal - se aparece
É o grito que contesta a cor certinha o ondular cadente
ao toque do tempo - compassos do vento!...
É a gargalhada insólita, inesperada
que desfralda a revolta recalcada !
E... a papoila sabe!
Cativante! - Erótica, ao tacto macia...
tem toque de pele - morna como um ventre ...
tem toque de seda - um mole de veludo
- Um nada de cada - um pouco de tudo ...
Maria José Rijo

1 comentário:

VIRGINIA RAPHAEL disse...

Por estes motivos tão bela e perigosa, entorpecente...Tem tudo haver com sexo feminino ou é impressão!?!?.👄💖