quinta-feira, 16 de maio de 2013

Isolamento




Sei que há léguas a nos separar

Tanto mar, tanto mar

Sei, também, que é preciso, pá

Navegar, navegar
Lá faz primavera, pá
Cá estou doente
Manda urgentemente
Algum cheirinho de alecrim
Chico Buarque

3 comentários:

Nádia Santos disse...

Ah! Que encanto... amei as palavras e a fotografia é belíssima, um belo lugar pra se refugiar.Um bj Carlo

luna luna disse...

aglomerados populacionais, quantas vidas, tristezas e alegrias a vibrar dentro de quatro paredes.

beijinhos

Eu Nos e os Sinos disse...

Lindos versos!
Adorei seu blog.
Bjks